ACORDO ORTOGRÁFICO

O autor dos textos deste jornal declara que NÃO aderiu ao Acordo Ortográfico e, por isso, continua a adoptar o anterior modo de escrever.

domingo, 28 de maio de 2017

A MENTIRA JÁ VEM DE LONGE MAS TEM PERNA CURTA… HOJE ATÉ TEM UMA CARTILHA!



Há coisas que se não entendem facilmente. E no que diz respeito ao futebol não são algumas, são muitas, tantas que não faria sentido falar de todas elas, nem sequer mais do daquela que me sugere (para não dizer até que me informa) uma cópia do Jornal do Benfica (não, não me refiro à Bola que nasceu para celebrar o Benfica e continua a ser).
Porque esta mentira das datas já é velha, o Jornal do Benfica resolve, um dia, esclarecer como nasceu esse clube que resultou da fusão de outros dois, numa crónica ou num editorial a que foi dado o nome “dos primórdios ao “verdadeiro” Benfica”, o qual termina assim “E, como atrás se disse, a 13 de Setembro de 1908, feita a fusão, a colectividade apresentava outro nome: Sport Lisboa e Benfica, que, com o número total de 222 sócios haveria de pôr ponto final às tão numerosas metamorfoses de rótulo.
Era finalmente o Benfica!
Afinal, o Sport LIsboa e Benfica nasceu quando? Pelo que leio aqui foi em 1908.
Aliás, vejam este delicioso texto que encontrei para contrapor àquela história, estafada e sem nexo, da fundação do Benfica numa Farmácia do bairro…
“… Sportinguista aficionado (Cosme Damião) tentou por tudo tentar que o Benfica fosse mais parecido com o Sporting, sem nunca o conseguir.
No entanto no dia 27 de Agosto de 1911 jogou pelo Sporting Clube de Portugal, cumprindo o seu sonho. (seria melhor dizer época 1910/11)
Anos mais tarde, nos anos 40, surgiu um livro que ainda hoje tentam usar como prova de que não era o Sporting, era apenas uma seleção de Lisboa mas que usava o equipamento do Sporting. Claro que sem provas nem sentido. Ao contrário da foto que é bem clara.
É como a história dele ser o fundador do Benfica, mas na tal acta de fundação faltar o nome dele. E claro, os benfiquistas sempre a tentar reescrever a história dizem que até foi ele que fez a acta, mas que por humildade não a assinou. Algo lógico. Tão lógico como esta acta referir a Farmácia Franco, com F, quando só depois de 1910 se ter começado a escrever Farmácia dessa forma…”
Afinal fundou o Benfica em 1904, jogou no clube do seu coração, o Sporting, em 1911 e, por humildade(????!!!!), não assinou a acta da fundação que teve lugar na tal farmácia que, pela data da acta se escrevia pharmácia e não farmácia como dela consta!
Depois aquele artigo do Jornal do Benfica para tirar teimas que cita 1908...
Que raio, vejam lá se esclarecem as coisas, talvez com uma desculpa daquela que o Janela facilmente arranja, mesmo que se veja logo o disparate que é...

7 comentários:

  1. Nesses tempos já eram mentirosos...agora ainda são mais. Abraço meu amigo. SL

    ResponderEliminar
  2. Quem nasce torto, tarde ou nunca se endireita. SL

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Quem quiser dar a opinião, tem de dar, também, a cara!

    ResponderEliminar
  5. Para mim atë podiam ter "nascido" no sëculo 17, a merda ë mais antiga e cheira melhor.

    ResponderEliminar
  6. É como a "dobradinha", anunciada no próprio site do venfique, que afinal é um triplete. Até nas contagens para eles são mãos de contas!!!

    ResponderEliminar
  7. Ja estamos habituados a estes jogos de cintura...

    ResponderEliminar